MARKETING ON DEMAND
10 de março de 2014
71,5 TRILHÕES DE MENSAGENS
10 de março de 2014

O que tem dado combustível ao marketing on-demand é a evolução continua e simbiótica da tecnologia e das expectativas dos consumidores. E a evolução das tecnologias deve tornar mais fácil redesenhar as experiências complexas, mas não se iluda. Serão necessários esforços em três níveis: Interações ao longo do processo de decisão – as empresas precisam passar a desenhar a história toda de como as pessoas encontram uma marca e os passos que dão avaliar, comprar e se relacionar com ela; Captação de dados e ciclo contínuo – a informação está no coração dos esforços para conquistar os clientes on-demand. Para isso, as empresas precisam de três lentes: Telescópico (dá uma visão clara das tendências mais amplas do mercado), binóculo (ferramentas capazes de rapidamente reunir informações) e microscópio (ferramentas que permitem um foco mais preciso); Entrega de novas capacidades e processos – para oferecer as novas experiências do marketing on-demand, é necessário repensar o papel e a estrutura da área de marketing dentro da empresa.

Em suma, para se mobilizar para esse cenário on-demand é fundamental adotar o trabalho multidisciplinar.

Fonte: Valor Econômico, Mente&Cérebro, Exame e Dinheiro