NÃO TÃO SUTIS DIFERENÇAS
30 de outubro de 2017
A BUSCA PELA EXPERIÊNCIA DE COMPRA INTEGRADA
30 de outubro de 2017

Embora em ritmo menor que o de outros países, as compras on-line via smartphone já configura como o terceiro maior canal de compra para os brasileiros. A China, por exemplo, é o país que mais utiliza o smartphone para compras (90% dos chineses o utilizam com essa finalidade pelo menos uma vez por mês).

Os varejistas têm investidos em melhorias nos sites mobile, mas aconselhável do que investir em um app. Os consumidores optam por apps para ganhar recompensas e pontos de programas de fidelidade dos varejistas, mas consideram os sites mobile muito mais convenientes.

Os dados do Total Retail 2017 apontam que o público brasileiro tem interesse e disponibilidade de uso smartphones para compras. Quando perguntados sobre as dificuldades para comprar via celular/smartphone, 44% dos brasileiros entrevistados sinalizaram o tamanho da tela como o maior obstáculo.  Os outros principais obstáculos são a dificuldade de usar os sites mobile (30%) e a preocupação com a segurança dos sites para esses dispositivos (29%).

É possível perceber que algumas dificuldades relatadas pelos brasileiros quanto aos problemas de infraestrutura para o uso do smartphones são globais, como a falta de planos de dados, a velocidade de conexão e o acesso a pontos com Wi-fi, são relatados no mundo todo.

Na medida em que a interface móvel se torne mais amigável, a compra via smartphone tende a crescer nos próximos anos.