HOMENS COMPARTILHAM FOTOS DE HOMENS
28 de julho de 2017
ENGAJAMENTO É A MÉTRICA MAIS IMPORTANTE
30 de julho de 2017

Chamamos de heróis aqueles a quem admiramos e desejamos imitar. Em geral, nossos heróis ajudam a definir os limites de nossas aspirações. Nós definimos em grande parte nossos ideais pelos heróis que escolhemos. E nossos ideais (atributos como coragem, honra e justiça) definem-nos em grande parte. Nossos heróis são símbolos para nós de todas as qualidades que gostaríamos de possuir e de todas as ambições que gostaríamos de satisfazer. Por exemplo, uma pessoa que escolha Martin Luther King ou Susan B. Anthony como herói terá aspirações bem diferentes de alguém que escolha Paris Hilton ou o rapper 50 Cent. Os ideais aos quais aspiramos determinam as maneiras como nos comportamos. Por isso é tão importante olharmos para os heróis que a Geração Z escolhe para compreendê-los melhor.

Um relatório da Euromonitor International 2016 sobre a Geração Z revela que esta nova geração elege como heróis ícones que podem ser músicos, atores ou modelos, mas que ao mesmo tempo também têm preocupações em passar mensagens políticas, sociais e profissionais. O relatório destaca a ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, Malala Yousafzai, e o ativista transgênero, Jazz Jennings, estrela do YouTube, como ícones da Geração Z. Outros ícones apontados pelo relatório, como a atriz e escritora Bella Thorne, que tem mais de 15 milhões de seguidores no Instagram, publicou em 2015 o primeiro romance sobre a dislexia, condição que espelha a sua própria vida. A cantora neozelandesa Lorde, 19 anos, é outro ícone desta geração. Lore tem uma condição neurológica rara, chamada sinestesia, que faz com que notas musicais produzam efeitos sensoriais como cores, em seu cérebro. Ela usa o Twitter para falar com seus milhões de seguidores sobre autoimagem e questões sociais.

O que se percebe é que os novos heróis desta geração ganham nuances mais horizontais.  Se antes, o herói era uma figura quase intangível, hoje a Geração Z espera que seus heróis tenham os mesmos ideais que eles próprios.