DIETA DIGITAL
22 de outubro de 2010
BAIXA PRODUTIVIDADE
22 de outubro de 2010

Ao contrário do que previa o poeta T. S. Eliot, em 1948, o mundo não se transformou em uma cultura uniforme. Pelo contrário. Segundo o Professor de História Frank Trentmann, “é impressionante como evoluiu a diversidade de gostos e hábitos pelo mundo, que nunca pareceu tão local”. São mais de 20 anos estudando sobre comportamento dos consumidores no mundo. Dentre os seus estudos  Trentmann,  sabe por exemplo, que os franceses passam quase 100 minutos ao dia comendo em suas próprias casas, mais da metade  do tempo gasto pelos americanos. Os indianos estão investindos altas somas de dinheiro em entretenimento na família e que os italianos adoram tomar cappucinos pelas manhãs, e de preferência em temperatura morna.

Em suas palestras, Trentmann enfatiza os microcosmos de hábitos e estilos de vida que têm sido criados nas sociedades pelo mundo. Para o especialista os consumidores precisam se sentir cada vez mais dentro de uma comunidade e menos como simples compradores. Além disso, mostra que novas tecnologias criaram hábitos inexistentes, como as máquinas fotográficas digitais, que têm uso diário no Japão. Sua primeira passagem no Brasil foi há 15 anos e, para o futuro do país, prevê um boom no consumo de produtos para casa, conseqüência do crescimento imobiliário.