INOVAÇÃO SOCIAL
19 de maio de 2014
VIAGEM NO GOOGLE
19 de maio de 2014

Em 2013 o comercio eletrônico brasileiro, apresentou um ritmo menor de expansão, com um faturamento de US$ 15 bilhões. Para 2014 a previsão de crescimento é mais forte, algo em torno de 26,7%, segundo a consultoria Forrester Research.

Para a analista da consultoria, Zia Wigder, o comércio eletrônico continua a se destacar da economia pelas taxas de crescimento de dois dígitos, mas o ritmo de evolução será mais lento daqui em diante. Diferente do que ocorre em outros mercados emergentes, como China e Índia, onde as companhias especializadas em comércio eletrônico dominam o mercado, no Brasil há uma presença importante dos varejistas tradicionais no meio on-line. .

Fonte: Folha de SP, Valor Economico, Management, Exame