O ENSINO PUXADO PARA O BEM E PARA O MAL
8 de novembro de 2011
FILÃO DO BEM-ESTAR
8 de novembro de 2011

Pessoas que usam tablets compram mais que outros consumidores on-line, apesar de ainda responderem por pouca percentagem do comércio eletrônico. Segundo a Forrester Research, a taxa de conversão, calculada pelo número de pedidos dividido pelo total de visitas, é de 5% para quem usa tablets, contra 3% para quem usa computadores tradicionais.
Além disso, o ticket médio é de 10% a 20% maior. Os varejistas estão de olho no mercado e já adaptam seus sites para acomodar melhor o serviço, lançando catálogos que foram desenvolvidos para o aparelho. “Todos os sites do mundo foram criados para o mouse”, afirmou Peter Sachse, diretor de marketing da Macy´s Inc.

Ainda dominado pelo iPad, da Apple, o mercado de tablets tende a crescer. A Forrester Research calcula que até 2015 um terço dos adultos nos Estados Unidos pode ter um aparelho. Cerca de 3% dos quase US$ 150 bilhões gastos ano passado com compras na internet nos EUA vieram de aparelhos móveis, dos quais os tablets são um componente em rápido crescimento. Apesar de apenas 9% dos consumidores online terem tablets, eles passam mais tempo conectados, são mais ricos e usam o aparelho para comprar.