71,5 TRILHÕES DE MENSAGENS
10 de março de 2014
UM MUNDO GORDO
10 de março de 2014

A mais recente pesquisa sobre os hábitos do consumidor europeu feita pela IRI constatou que 73% das pessoas passam mais tempo se planejando para evitar comprar por impulso – uma precaução contra a desaceleração econômica.

No Reino Unido, país onde o comércio eletrônico é mais popular, aproximadamente 13% das pessoas fazem todas as suas compras de supermercado (ou a maioria delas) pela internet. Mesmo assim, isso corresponde a apenas 5% de seus gastos gerais.

As vendas de gêneros alimentícios pela internet deverão dobrar até 2016 em cinco grandes mercados europeus: Reino Unido, França, Alemanha, Suíça e Holanda. Isto está levando muitos varejistas a investir em lojas de conveniência e pontos de coleta de seus pedidos, onde os consumidores podem complementar as encomendas. Porém, o modelo tradicional de ir aos supermercados ainda prepondera.

O que difere nos hábitos desses consumidores é sua suscetibilidade às promoções e ofertas. Enquanto na loja, ao se deparar com uma oferta especial no meio do caminho o consumidor para e pensa na possibilidade, na internet, ao surgir um banner ou outra forma de mostrar uma oferta de produto, esse consumidor tem por hábito, na maioria das vezes, simplesmente, ignorá-la e ir para o próximo.

Fonte: Valor Econômico, Mente&Cérebro, Exame e Dinheiro