BOBEOU, DANÇOU
29 de janeiro de 2010
GROUNDSWELL
29 de janeiro de 2010

      As plataformas e as capacidades digitais estão transformando a maneira como os consumidores experimentam a publicidade. É a opinião de Mike Mendenhall, diretor de marketing da HP, que investe cerca de 50% da verba de marketing em mídia digital, confirmada pelo estudo “Ecossistema de Marketing & Mídia 2010”. No ambiente mercadológico atual, sobrevivem os mais aptos, que rapidamente distinguem os vencedores dos perdedores, e os consumidores possuem maior controle e mais poder de escolha. O ambiente de marketing atual pode ser definido como um Ecossistema, onde as empresas precisam desenvolver três traços para sobreviver: relevância, interatividade e prestação de contas.

      Como ainda não está claro o que os profissionais, agências e empresas devem fazer com tantas mudanças, o estudo torna-se fundamental. O surgimento da publicidade digital provocou muitas mutações. Existem diversas plataformas de publicidade e os profissionais precisam de precisão em acertar e contabilizar os gastos. O impacto e o potencial dessas plataformas e capacidades estão hoje em cada aspecto do processo de marketing e da experiência da marca, redefinindo a natureza das mensagens. 

      Enquanto os jornais levaram 127 anos para alcançar US$ 20 bilhões em faturamento com publicidade nos Estados Unidos, a mídia online conquistou o montante em apenas 13 anos. Quase 90% dos profissionais esperam gastar mais em anúncios digitais. Três quartos das empresas de mídia consideram que os anunciantes vão colocar mais recursos nas mídias online. Houve, portanto, mais do que uma mudança no mix de marketing. A área de marketing tornou-se um centro de diálogo, ideal para descobrir o que os consumidores querem, quando e onde. A publicidade evoluiu para uma experiência, uma aplicação que os consumidores realmente desejam.